Liderança: 5 lições essenciais para um empreendedor

Quem tem um papel de liderança influencia positivamente a sua equipe muita gente já sabe. Agora, conhecer profundamente determinadas atitudes que contribuem com o espírito de liderança ainda não é uma unanimidade no mercado.

Se você já é um empreendedor nato e desfruta de um cargo muito almejado pelos demais colaboradores, mas ainda não está satisfeito quanto ao seu relacionamento interpessoal, preparamos este post com 5 lições que poderão fazer a diferença no dia a dia.

São características essenciais que devem ser priorizadas, de olho na melhoria não só do convívio como também de todos os processos produtivos. Quer se desenvolver mais? Então não pare de ler!

Liderança

1. Seja honesto

Quem mantém importantes decisões a sete chaves de seus colaboradores, muitas vezes perde a confiança deles. Líderes são abertos, não mentem e nem escondem informações dos subordinados.

Quanto mais aberto você for com a sua equipe, mais credibilidade terá e, consequentemente, empatia no relacionamento profissional.

Um bom exemplo é sempre reunir a equipe para abordar um assunto em pauta, sendo aberto a responder questionamentos ou até mesmo insatisfações, recebendo com abertura elogios e críticas, sem represálias.

2. Tenha espírito colaborativo

Incentivar boas ideais e motivar os colaboradores a inovarem em seus projetos faz parte da atitude proativa de um líder empreendedor.

Ser presente e participar das criações sem muitas influências que possam limitar a criatividade também fazem parte de uma liderança verdadeira.

O bom gestor acredita na inteligência coletiva e apoia soluções apresentadas em reuniões. E utiliza as informações compartilhadas na hora de tomar uma decisão, deixando de lado a individualidade — atitude que pode evitar muitos problemas a curto ou longo prazos.

3. Reconheça os bons profissionais

Saber liderar também é sinônimo de ser verdadeiro nos elogios. Quando determinado colaborador se sair bem em um projeto ou ter um rendimento admirável, elogie-o.

Esta atitude de gestão traz motivação e mais empenho no trabalho, além de aumentar a autoestima, dando um gás a mais que muitas vezes falta no dia a dia corporativo.

Incentive a cultura do elogio, sempre com suas devidas ressalvas, e os resultados certamente te surpreenderão.

4. Esteja antenado na tecnologia

De nada adianta você agir da melhor forma possível se não tiver o auxílio da tecnologia disponível atualmente no mercado. Além de otimizar o seu tempo, terá uma organização bem mais adequada nos compromissos.

Dominar a tecnologia faz parte das obrigações de um líder, assim como manter uma constante atualização das tendências mercadológicas. Afinal, você é um exemplo e precisa estimular os demais colaboradores por meio de boas ações.

5. Saiba ouvir

Admitir quando estiver errado e também saber ouvir os demais da equipe integram as características de um empreendedor com espírito de liderança.

Quem impõe muito as próprias convicções ou modos operandi, muitas vezes limita os processos criativos e ainda sofre muitas críticas por parte dos funcionários.

Seja aberto e participe do cotidiano da empresa, sempre tendo humildade e humanidade nas decisões para evitar julgamentos errados.

Chefe x líder

Seguindo estas dicas, é bem provável que você não seja taxado como chefe — perfil frequentemente utilizado para pessoas que são autoritárias, centralizadoras, desumanas e totalmente fechadas a novas perspectivas.

Já os líderes inspiram, são admirados e motivadores de boas ações no ambiente de trabalho e também na vida como um todo. Dão o exemplo de como fazer e ajudam na busca por melhoria nos resultados.

Liderança

Quanto mais você se esforçar para manter em evidência as características de uma liderança, certamente haverá uma percepção por parte da sua equipe.

O comportamento sempre é notado e não engana ninguém. Sendo uma boa vitrine para o seu time, as metas ficarão bem menores do que o tempo para atingi-las, com ganhos para todos os setores da empresa.

Após ler este artigo sobre liderança, que tal aprender como montar uma estratégia de branding para sua empresa?