Queda de tráfego: quais podem ser as causas e como contorná-las?

queda de tráfego

Quem possui um site na internet e depende dele para alavancar os negócios sabe que a queda de tráfego pode ocorrer em algum momento. Até os mais experientes em SEO já passaram por isso e certamente esquentaram a cabeça procurando as razões do ocorrido.

Algumas vezes sequer é possível identificar o que causou a diminuição. Podem ser diversos fatores reunidos que estão penalizando aquele site; alguns deles dificilmente contornáveis, como a sazonalidade de busca por determinados termos.

Mas saiba que, ainda assim, é possível reverter a situação e retomar o crescimento da página com determinadas medidas. Se você está passando por isso ou quer aprender a prevenir-se contra esse imprevisto, continue a leitura deste post.

queda de tráfego

Aconteceu uma oscilação momentânea

Ao perceber a queda de tráfego, procure observar por alguns dias se ela se mantém. Algumas pequenas variações podem acontecer em função do interesse natural da audiência: um feriado próximo ou um evento relevante que acontece naquele período, por exemplo.

Se após esse período de observação, a redução do tráfego for confirmada, busque entender o que ocasionou e procure uma solução imediatamente. A situação é administrável, mas pede medidas rápidas, pois a consequência será uma queda maior de posições no Google, o que ninguém deseja.

Ocorreram alterações no Google

O Google está em constante mudança. O objetivo é melhorar cada vez mais a experiência do usuário, trazendo ao topo conteúdos mais relevantes para cada termo de pesquisa ou penalizando manualmente sites com práticas de Black Hat.

Verifique na web se aconteceu alguma alteração no algoritmo, recentemente. Se confirmada, dê mais uma revisada nas diretrizes de qualidade do Google e confira se você está dentro das normas, para evitar punições.

Continue com as boas práticas de SEO e vise oferecer conteúdo de qualidade para seu público. Assim, o mecanismo continuará vendo seu site com bons olhos e você pode reverter essa queda no médio prazo.

Backlinks importantes foram perdidos

Caso alguns dos seus links de maior relevância foram removidos, o seu site perdeu posições e, consequentemente, visitas. O dono do site pode ter percebido que seu link estava desatualizado, revertido a lincagem para nofollow ou até mesmo saído do ar por uma razão desconhecida.

Para reverter o fato, você pode entrar em contato com os sites e pedir a retomada do seu link. Procure também manter o redirecionamento das suas páginas, caso efetue uma alteração em alguma URL. Sem ele, seus links mais antigos apresentaram erro, contribuindo para a perda de posições.

A concorrência gerou queda de tráfego

Quem briga por posicionamento e visitas precisa verificar constantemente o que a concorrência anda fazendo. Se alguém se esforçou um pouco mais que você, reforçou a página com lincagem interna e externa e está se destacando no conteúdo, pode ultrapassar a sua posição.

Para descobrir essa possível causa, analise o ranking dos concorrentes. Ferramentas como o SEMrush e Majestic são boas para isso e possuem uma versão gratuita eficiente. Sendo esse o problema, depende agora de você tomar as medidas iguais ou melhores que as deles para continuar na competição.

O usuário não gostou da experiência

Acontece. Se o seu conteúdo não está agradando a audiência, ela ficará menos tempo no site; ou sequer será atraída a clicá-lo em futuras pesquisas. Para esse contratempo a melhor atitude é realmente fazer uma autocrítica e avaliar em quais pontos o seu material deixa a desejar.

Após a análise, procure readaptar seu conteúdo e aguarde se o posicionamento melhora com o passar do tempo. Para evitar esse transtorno, procure sempre compreender o comportamento da sua audiência, por meio de pesquisas e um estudo detalhado de palavras-chave, por exemplo.

O fenômeno de queda de tráfego, embora assuste sempre, acontece com frequência maior do se imagina. O importante é ter uma postura preventiva, fazer monitoramentos constantes dos números do site e da concorrência e se manter sempre atualizado para oferecer o melhor para seu público.

Gostou das dicas e quer ficar sempre por dentro de novos conteúdos? Então curta a nossa página no Facebook!