Topic Clusters: o que é e como impacta em sua estratégia de SEO?

Topic Clusters

Os algoritmos das grandes empresas da informação, como Google e Facebook, estão em constante atualização, na busca por uma melhor experiência do usuário. E isso tem impacto direto nas estratégias de SEO para os sites e blogs empresariais. Uma das mais recentes alterações percebidas no ranqueamento do Google são os Topic Clusters, que farão uma mudança radical na forma como entendemos o conteúdo.

Como o foco do Google é sempre o usuário, a responsabilidade por se adaptar são das empresas e das agências de Marketing profissionais. Por isso é muito importante melhorar as técnicas utilizadas no Inbound Marketing, especialmente na parte da produção de conteúdo, para oferecer uma experiência excepcional.

Não é nenhuma novidade que os investimentos do Google em tecnologia de informação de ponta estão no limite do que podemos imaginar. O ranqueamento das páginas segue padrões cada vez mais elaborados, baseados em conceitos como inteligência artificial e machine learning que tornan-se cada vez mais concretos.

Foi justamente pensando nessa experiência que surgiu a estrutura dos Topic Clusters. O termo foi cunhado pela Hubspot e já se mostra como o futuro do SEO e de ranqueamento das páginas pelo Google.

Para entender melhor como essa nova prática funciona e como afetará diretamente sua estratégia de marketing, continue lendo nosso artigo!

Topic Clusters

O que são Topic Clusters?

Com tudo o que foi dito, essa é a grande pergunta. O que será essa nova estrutura que mudará a forma como fazemos Marketing digital de conteúdo?

O termo significa, em tradução livre e literal, Grupos de Tópicos. É uma construção interna de conteúdo que se fundamenta em uma página central (chamada de Pillar Content) de informações mais densas e completas com diversas outras páginas orbitando em torno, explorando e aprofundando tópicos específicos. O elo desses clusters são os hyperlinks internos, que permitem ao usuário acesso rápido.

Em grande parte, esse novo tipo de estratégia de SEO vem de uma mudança singular na forma de pesquisa do usuário, que passou a se valer muito da intenção do que do termo. Calma, vamos explicar. Há alguns anos, as buscas do Google eram prioritariamente de palavras-chave, quer dizer, o usuário que deseja procurar uma pizzaria digitava “pizzaria centro telefone”. Hoje, com a fluidez maior e o avanço da tecnologia, especialmente das inteligências artificiais como “SIRI” e “Ok, Google”, isso mudou.

Agora, o usuário digita ou usa o comando de voz para perguntar “Qual o telefone da pizzaria mais próxima do centro?”. Quer dizer, o uso das palavras-chave diminui em importância frente à intenção da busca. E o Google procurou adaptar seu algoritmo a esse comportamento, por meio do machine learning, por exemplo, para entregar o melhor resultado, que permita ao usuário uma resposta mais completa e satisfatória.

Tudo isso significa que as estratégias de SEO não podem mais focar apenas nas palavras-chave. Precisam, agora, se adaptar para conseguir atender a essa demanda que vem surgindo, em conseguir ranquear no Google usando mais de um critério.

É justamente por querer entregar uma resposta mais completa e satisfatória que o Google passou a ranquear os Topic Clusters em posições altas. Vejamos o por quê!

Como é a estrutura dos Topic Clusters?

Como dissemos, os Topic Clusters formam uma estrutura, baseada em uma página central (Pillar Content), as páginas que a orbitam (Clusters), conectadas por hiperlinks. Ou seja, a ideia é fazer, em torno de um tema central com um pilar sólido e denso, aprofundamentos nos Clusters de partes específicas. Assim, a experiência do usuário se intensifica, pois ele passa a ter todo o conteúdo que deseja em um só lugar e pode se aprofundar com facilidade.

O Pillar Content, portanto, é a página central. Seu texto precisa responder um tema complexo, ter referências, entregar informações completas e atrair a atenção do usuário por um período mais longo de tempo. Logo, são posts mais abrangentes, que se delineiam como norteador do eixo temático. Em toda ela, haverá hyperlinks que direcionam para os Clusters.

O Cluster, por sua vez, é um detalhamento com mais especificidade de uma parte do assunto. Isso permite informações com mais detalhes. Mas é importante entender aqui que não se trata, necessariamente, de conteúdos de meio ou topo de funil. São partes complementares do PIlar Content com redirecionamento.

Em tudo isso, os hyperlinks internos, que já eram um critério para o SEO, tomam uma posição ainda mais privilegiada, pois fazem a conexão entre o conteúdo central e os Clusters. Quando mais coeso for essa ligação, maior a chance de se aumentar o ranqueamento. Ou seja, o Pillar deve ser sempre linkado para os clusters e estes devem sempre ser linkados de volta ao Pillar!

Qual o impacto dos Topic Clusters no SEO?

Como já explicamos, a forma de busca do usuário sofreu uma mudança significativa, focada mais na intenção que na palavra-chave. Além disso, o Google usa centenas de critérios, inclusive as preferências do próprio usuário, para oferecer a melhor página possível.

Com essa nova estrutura dos Topic Clusters, o SEO ganha novos contornos. Foca mais em garantir um conteúdo completo, com menor taxa de rejeição, que entrega conteúdo sólido com qualidade e aprofundamento. Embora os termos centrais das buscas ainda tenham um papel preponderante, responder às perguntas e intenções se tornou prioritário.

Para conseguir um bom ranqueamento, não dá mais para ludibriar o Google com uso de palavras-chave e textos rasos. Agora é preciso investir em conteúdo de qualidade e uma estratégia de marketing digital sólida! Os Topics Clusters oferecem justamente isso. Ao focar em eixos temáticos, com um Pillar Content central e Clusters que o orbitam, entregam um resultado mais completo e fechado. E isso é ótimo para o usuário, logo, é ótimo para o Google!

Resumindo, com essas novas mudanças no algoritmo do Google, o trabalho do marketing digital fica ainda mais desafiador, mas também com mais qualidade. Por isso é importante sempre buscar assessoria profissional.

Não é só porque você já sabe mais sobre os Topic Clusters que vai deixar de aprender, não é mesmo? Afinal, não é apenas o Google que nos desafia, as redes sociais também aprimoram cada vez mais a experiência do usuário. Então, veja também como você pode melhorar sua presença digital usando o Instagram Stories em sua estratégia de marketing!