Google AdWords ou Facebook Ads: qual é a melhor opção?

Na hora de escolher como anunciar na web, costuma surgir a dúvida entre Google AdWords ou Facebook Ads. Afinal, qual deles traz mais resultados? A verdade é que cada opção tem suas vantagens e, claro, suas desvantagens.
Veja aqui o comparativo que preparamos dessas duas ferramentas de mídia online e descubra qual delas é a mais adequada para sua empresa!
Google adWords

Google AdWords ou Facebook Ads?

Para começo de conversa, é importante que você dedique um tempo para analisar qual é o seu objetivo de marketing no momento. Também é fundamental conhecer o comportamento do seu consumidor.
É evidente que ambas estratégias auxiliam na criação de campanhas melhores, que atingem maiores resultados por serem mais direcionadas. Porém, o mais importante agora é saber como utilizar o melhor de cada uma dessas ferramentas, dependendo da situação.
De maneira resumida, as diferenças entre Google AdWords e Facebook Ads giram em torno da base de segmentação e da fase do processo de consumo do público-alvo. Além disso, os formatos dos anúncios disponíveis também são diferentes.
Agora vamos analisar separadamente cada uma das ferramentas para você saber os prós e os contras e qual compensa mais para o seu caso.

Quais as vantagens e desvantagens do Google AdWords?

Lançado em 2000, o Google AdWords já possui uma presença mais consolidada

no mercado. A ideia é que a ferramenta atinja pessoas que estão buscando a mesma palavra-chave usada em seu anúncio. Na Rede de Pesquisa, como a publicidade aparece exatamente no momento em que o usuário está disposto a efetuar a compra, a taxa de conversão é alta.
O anunciante paga somente quando o anúncio é clicado, chamado de Custo por Clique (CPC), e não há uma quantia mínima a ser definida para a campanha. Embora o custo da palavra-chave tenha influência na exibição da propaganda, o Google AdWords leva em conta, em primeiro lugar, critérios como a qualidade e a relevância dos anúncios.
No entanto, a desvantagem é que, se uma pessoa não sabe que tem um determinado problema, ela não faz uma busca sobre o tema, não sendo alcançada pelo Google AdWords. As opções de segmentação de público-alvo são mais limitadas se comparadas ao do Facebook Ads e, em razão da concorrência, o preço das palavras-chave costumam ser altos.

E quais as vantagens e desvantagens do Facebook Ads?

O sistema de anúncio pago da rede social de Mark Zuckerberg sai na frente quando se trata de atrair clientes potenciais que ainda estão em estágios iniciais de preparação e interesse para compra. Afinal, o anúncio está presente sem que o usuário busque ou demonstre interesse pelo produto. É mais fácil que um usuário curta a página de uma empresa e comece a criar um relacionamento de longo prazo com ela.
A segmentação por perfil também é um dos principais diferenciais da plataforma, já que é possível atrair com bastante precisão o público que você deseja, levando em contam dados demográficos (idade, gênero, status de relacionamento, grau de instrução ou local de trabalho), interesses (hobbies e páginas curtidas no Facebook) e comportamentos (comportamento de compra e uso de dispositivos).
Outro diferencial é o fator visual dos anúncios, que podem ser compostos por textos, imagens e vídeos. A variedade de combinações é grande, o que torna as propagandas mais persuasivas do que aquelas somente de texto. A publicidade aparece no próprio feed de notícias ou nas laterais.
Contudo, como o usuário não está ativamente procurando um tema, a taxa de conversãoé menor se comparada à do Google AdWords. Assim, os anúncios precisam ser mais atraentes para gerar interesse.
No final das contas, as duas ferramentas são canais de divulgação muito importantes na mídia online e podem funcionar de maneira complementar na maioria dos casos.
Portanto, investir em Google AdWords ou Facebook Ads vai depender do seu objetivo de marketing. Se for vender, o Google AdWords sai na frente, mas, se a ideia for construir ou consolidar uma marca, o Facebook Ads ganha. O Google AdWords capta a demanda já existente e o Facebook Ads gera esta demanda.Ambos são muito válidos.
Ficou com alguma dúvida? Compartilhe com a gente um pouco da sua experiência nos comentários!