Taxa de conversão no Adwords: como avaliar se está boa?

taxa de conversão no Adwords

O primeiro passo para avaliar a taxa de conversão no Adwords é entender se as palavras-chave escolhidas são as ideais para atingir o público-alvo esperado. Por isso, uma boa pesquisa desses termos é essencial, aumentando, assim, as chances de sua ação ser mais lucrativa em qualquer ferramenta de busca textual online.

Além disso, um dos maiores desafios durante uma campanha de links patrocinados é saber, de forma clara e objetiva, se a taxa de conversão no AdWords está satisfatória. Para entender essa questão, existe uma série de variáveis que devem ser consideradas. Listamos algumas delas abaixo. Confira!

Taxa de conversão no Adwords

Ticket Médio

Para quem acompanha, de perto, o mundo do Marketing Digital, certamente esse é um termo bastante recorrente. Mas você sabe o que ele significa? O Ticket Médio nada mais é do que o quanto o cliente gasta, em média, em cada compra/conversão feita por meio de um canal específico.

O valor final é obtido com a divisão simples do faturamento total com as vendas pelo número de clientes que efetivou compras. Para exemplificar, imagine que R$ 1.000,00 foi o dinheiro que entrou na empresa, em um mês. Nesse período, 50 clientes compraram de você. Logo, o seu Ticket Médio é de R$ 20,00.

Esse número constitui a primeira variável necessária para entender se a sua campanha está dando certo ou não.

Custo por Aquisição (CPA)

O Custo por Aquisição (CPA) ou o Custo de Aquisição de Cliente (CAC) é, basicamente, o investimento total que você precisa realizar para que um negócio seja concretizado.

Aqui, devemos fazer uma pequena ressalva, já que podemos ter um CPA total — considerando também o custo de criação de material, divulgação e outras ações — e um CPA do AdWords, focado 100% na ferramenta. Já que estamos falando, exclusivamente, sobre ela, vamos mostrar como esse último indicador é calculado.

A operação é bem simples: basta pegar o valor total investido dentro do AdWords (vamos supor que se tenha investido R$ 300,00, num período X) e dividir pelo número de conversões que a sua campanha obteve nesse tempo (imaginemos 20 conversões, por exemplo). O seu CPA médio, nesse caso, será de R$ 15,00.

Agora temos as duas variáveis mais importantes para entender se a sua campanha é lucrativa ou não. No próximo tópico, vamos cruzá-las e ampliar a análise.

Taxa de conversão no Adwords: Ticket Médio x CPA

Com o seu Ticket Médio e o CPA calculados, já fica bem fácil entender se a sua campanha está sendo, efetivamente, lucrativa ou se ela deve passar por algum tipo de reestruturação para gerar melhores resultados.

Nos dois casos, o ideal é que o CPA Médio seja sempre menor do que o Ticket Médio. Dessa forma, entende-se que o custo para fazer a venda é menor que a receita gerada por essa venda, configurando, assim, o tão esperado lucro. Nos exemplos que apresentamos ao longo do texto, chegamos a um Ticket Médio de R$ 20,00 e um CPA Médio de RS 15,00. Há lucro nesse caso e, portanto, os próximos passos podem ser criar estratégias para ampliar a margem.

E se, mesmo com uma boa pesquisa de palavras-chave, seus resultados ainda não estiverem dentro do esperado para que a sua campanha gere bons resultados, é importante saber que existe uma série de boas práticas, dentro do AdWords, as quais podem aumentar as chances de obter lucro utilizando a ferramenta. Algumas delas são:

  • usar palavras-chave mais específicas;
  • definir palavras-chave negativas para qualificar seu tráfego;
  • alterar o conteúdo dos anúncios, utilizando-o para filtrar o tráfego.

Agora, você já pode acompanhar, com mais objetividade, a taxa de conversão no AdWords do seu negócio. Ficou com alguma dúvida? Entre em contato conosco. Estamos à sua disposição!