Entenda as diferenças entre site, hotsite e landing page

Hotsite e landing page

Hotsite e landing page

Você é dono de uma empresa, mas entende pouco de marketing digital? Então, pode ser que fique confuso quando se trata de entender as diferenças entre site, hotsite e landing page. Afinal, existem variadas formas de marcar presença no ambiente digital.

E, acredite, embora as pessoas utilizem tais termos com frequência, boa parte delas não tem clareza sobre a finalidade de cada um desses modelos para o desenvolvimento de um plano de comunicação.

No post de hoje, vamos tirar todas as suas dúvidas sobre site, hotsite e landing page. Preparado?

Hotsite e landing page

Afinal, o que é um site?

A palavra site é uma abreviação de website, que é um conjunto de páginas hospedadas em um domínio. No mundo online, ninguém pode abrir mão de um site, independentemente do porte do seu negócio. Isso porque, com a popularização da internet, ele passou a ser o seu cartão de visitas virtual.

Assim, é preciso ter uma presença mínima na web para garantir a credibilidade do seu negócio no mercado. Normalmente, um site é classificado de acordo com o seu propósito. Veja abaixo seus principais tipos:

  • institucional;
  • portfólio;
  • e-commerce;
  • informativo;
  • redes sociais.

O que é um hotsite?

Se formos traduzir ao pé da letra, hotsite quer dizer site quente. Seu objetivo é promover uma ação específica por um período previamente determinado. Por essa razão, ele apresenta um forte apelo visual para conseguir atrair a atenção dos internautas e costuma ser criado em um subdomínio ou em um domínio adicional. O hotsite também permite realizar um lançamento de produto ou alguma ação pontual sem sobrecarregar o trafego no seu site.

E o que é uma landing page?

Em inglês, landing page significa página de destino. Embora seja confundida com um hotsite, ela tem como foco a conversão. E, ao contrário do primeiro, não expira, ou seja, não é retirada do ar depois de certo tempo.

Inbound Marketing a utiliza em sua estratégia para apresentar informações de maneira rápida e direta, captando leads. Seu objetivo é fazer com que o usuário preencha um formulário para ter acesso a um material exclusivo (e-book, checklist, guia prático, entre outros).

Logo, vale a pena caprichar no Call to Action (CTA), que é a chamada para ação, por meio do uso de uma combinação de palavras de impacto como “faça o seu cadastro” ou “baixe agora”.

Para ter sucesso no seu negócio, a dica é fazer uso de todos os três modelos. Afinal, o site é quem leva conteúdo relevante para seu cliente em potencial, o que é muito importante para o posicionamento da sua marca. Já o hotsite ameniza o volume de visitas em sua página em períodos sazonais, como no lançamento de um produto ou serviço. Por fim, a landing page é responsável por converter seu visitante em lead.

Agora que você já entende as diferenças entre site, hotsite e landing page, não perca mais tempo e capriche na sua estratégia de marketing digital. Se sentir que precisa de ajuda, não hesite em procurar uma agência especializada no assunto.

Gostou deste post sobre as diferenças entre site, hotsite e landing page? Então, aproveite a visita, entre em contato conosco e conheça os nossos serviços!