Relacionamento com o cliente: 3 erros que devem ser evitados

relacionamento com o cliente

Entender a importância do relacionamento com o cliente é fácil. Pense bem: você imagina sua empresa sem ele? Não precisamos conhecer o seu negócio para saber que é impossível sobreviver assim.

No entanto, é necessário considerar que o modo de consumo mudou muito nos últimos anos, alterando também o relacionamento das empresas com seus consumidores. Atualmente, a comunicação é mais próxima, e o cliente tem o poder da palavra.

Talvez por isso, muitos gestores cometem erros nesse quesito, o que atrapalha diretamente nas vendas e lucratividade do negócio. Quer saber quais deles devem ser evitados? Então, continue a leitura!

relacionamento com o cliente

1. Não investir em pós-venda

Muita gente comete o erro de achar que o relacionamento com o cliente começa com a venda e termina ali mesmo, quando, na verdade, esse processo precisa ser intensificado no pós-venda.

É fundamental manter contato com o consumidor para que ele volte outras vezes a fazer negócio com a sua empresa e se torne um divulgador da marca, indicando os produtos e serviços para outras pessoas.

Para isso, você pode entrar em contato para saber sobre o atendimento e se o produto atendeu às suas necessidades, enviar conteúdos úteis e relevantes que tenham relação com o seu mercado de atuação, entre outras ações que demonstram a sua preocupação com a satisfação do cliente.

Porém, lembre-se de não fazer com que essas ações atrapalhem ou irritem o consumidor. Avalie o perfil e veja qual é a melhor forma de se comunicar com ele: e-mail, telefone ou até mesmo WhatsApp.

2. Encarar o cliente como um número

Isso acontece com mais frequência em grandes empresas, onde o número de clientes é maior e fica mais difícil controlar os processos para que não sejam automatizados demais, fazendo com que o consumidor se sinta apenas mais um.

Contudo, independentemente do tamanho do seu negócio, é imprescindível conhecer e considerar o perfil de cada cliente. É claro que há um público mais assíduo que compra com você, com características e necessidades comuns. Mas é importante também atendê-lo individualmente.

Nesse momento, uma ferramenta de gestão pode ser útil, visto que possibilita um atendimento mais direcionado e exclusivo. Quem não gosta de se sentir importante e especial, não é mesmo?

3. Dificultar a solução de problemas

Por mais cuidado que você tenha com a qualidade dos produtos e todos os processos de venda do seu negócio, é inevitável que os problemas ocorram. Isso não deve ser encarado como o “fim do mundo”, mas sim como uma oportunidade de desfazer a provável má impressão do cliente e torná-lo um fã da sua marca.

Você deve estar se perguntando como isso é possível, certo? Simples: com a solução rápida e eficiente dos problemas em questão. Na verdade, o erro da maioria das empresas não está em suas falhas — afinal, como dissemos, é natural que isso aconteça algumas vezes —, mas em dificultar a vida do cliente. Quem nunca ficou horas no telefone para conseguir fazer uma simples troca?

Para que isso não aconteça, é preciso que sua equipe seja treinada para essas situações e que haja um processo muito bem definido para o atendimento. Outro ponto importante a ser ressaltado é a disponibilização de diversos canais de atendimento: deixe o consumidor escolher de que forma prefere se comunicar com a sua empresa.

O relacionamento com o cliente é um dos aspectos mais relevantes quando o assunto é a sua fidelização e aumento nas vendas. Portanto, conheça muito bem o seu público — e também o cliente individualmente — para direcionar melhor suas ações, e esteja sempre pronto para resolver os problemas com agilidade!

Além de tudo o que já foi citado, é importante dispor de estratégias para melhorar e manter o relacionamento com o cliente. Uma boa alternativa é o uso do e-mail marketing. Neste post, falamos mais sobre o assunto. Confira!

Open chat
Whatsapp
Powered by